1.2.11

Frente fria e predições seguintes

i

apelos que sejam compreendidos: um rio
de mercúrio-cromo nivelando-se à altura
da dor sobre os canais de cortes e a turva
vista clássica das bandagens cor de rocha
empapadas e um ciclo de reposições algo
constantes de frio/calor nas dependências
do corpo, o calafrio encontrando seu novo
aposento num ponto entre nuca e córtex,

ii

uma voz que dissesse eu estou muito longe
ao meu lado, com timbre reconhecível e os
ângulos da janela mantivessem sua simetria,
a vista permanecesse a mesma rumo aos
pátios onde cada carro que chega parece
trazer algum parente recolhido diretamente
de um porta-retrato cujo pó não distorcesse
traços de seu rosto, apenas reforçasse ajudar
com a memória, os cheiros, a familiaridade

iii

a esta hora da madrugada a rua nos entrega
uma malha negra cuja espessura impenetrável
é do que se constitui nosso melhor conjunto
de convicções: podemos de fato estar aqui,
as estrelas são medicamentos com posologias
estranhas, nenhum cachorro irá guardar nossa
garagem repleta de fantasmagoria, se entrarmos
outra vez neste automóvel corremos o risco
de sermos levados de volta para casa

Um comentário:

claire disse...

Te Amo muito,
milhões de beijos.